sexta-feira, 3 de julho de 2015

Novas tendências cá por casa

Sou do signo touro. Ligada à Natureza. Muito.
Na minha infância os meus pais viviam no campo.
Ainda vi a minha avó e a minha mãe lavarem roupa à mão nos tanques. Aliás...ainda lavei roupa à mão num tanque (ainda existe e está com flores, eheh). A roupa lavava-se com sabão azul e branco e/ou clarim. A vida era mais dura e mais pobre...mas tínhamos menos problemas de saúde (ok...éramos todos mais novos) e mais felizes.
Bem...enfim...a vida deu MUITAS (muitíssimas) voltas e eu vivi em vilas e cidades. Andei mais de 10 anos às voltas pelo país. Mudei de casa 17 vezes. Sim...leram bem (tenho 39 anos).
Hoje vivo em Cascais (que não tem nada a ver com...nada). Gosto do espaço físico. É bonito. E não tenho mais nada para dizer (aqui).
Ora bem...mas este post não é para relatar a minha vida até porque não gosto de me expôr . São apenas aspectos muito gerais para perceberem porque sinto necessidade de constante aproximação à Natureza. 1º porque é da minha própria natureza; 2º porque tem a ver com a minha infância; 3º porque sou uma criatura calma que detesta confusão, stress e barulho. Sou como costumo dizer "da paz" (vive e deixa viver) e depois porque estou cansada de "poluição" de todo o tipo. Cansa e afecta a saúde. Então aos poucos tenho ido alterando algumas coisas cá por casa. Apesar de ter o tempo muito ocupado (trabalho, casa-família e Universidade), como sou razoavelmente organizada tenho tentado substituir produtos de compra por produtos confeccionados por mim. Assim...coisinhas que mudei:



  • Não compro detergentes. 1 pedra de sabão azul e branco dá-me 5 litros de detergente para a louça (a roupa não é lavada cá).

  • O tónico de limpeza é vinagre de maçã diluido em água (não...não fico a cheirar a vinagre. Ao fim de 5 minutos desaparece qualquer cheiro.

  • O meu hidratante é azeite e-virgem com sumo de limão.

  • Escolho e compro a carne à peça (de preferência de origem Nacional) e pico em casa e faço eu os hamburgueres e almôndegas.





  • Faço o piri-piri (tenho um colega que me dá malaguetas).

  • Faço a calda de pimentão (a minha mãe tem uns amigos que lhe dão pimentos).




  • Nem sempre mas às vezes faço leite de aveia.






E "prontes"... é por aí...nessa linha que vai a minha humilde vida :)

PS- Não tenho aqui fotos de tudo. Sorry.


Um excelente dia para todos/as.

7 comentários:

Nina Kat disse...

Excelente vida a tua, se todos compreendêssemos que são as coisas simples da vida que nos fazem mais felizes este mundo dava cá uma volta , ou se dava !!!
Bom-fim-de-semana e obrigado pelas dicas !
Beijinhos,
Nina :)
http://onossot4.blogspot.pt/

Quotidianos de seda disse...

Obrigada pela visita e pelas palavras. Muita paz e saúde :)
Beijinho

Isabel Gomes disse...

Eu também sou natural de uma aldeia raiana e, apesar de viver na cidade, continuo a adorar a aldeia. As gentes, os costumes, o cheiro a feno e flores, o ar sadio, a água cristalina...

Também partilho essa paixão e opção por tudo o que é natural e bom: comidinha caseira com bons ingredientes, produtos de beleza naturais... enfim... temos muito em comum.

Bjs

Isabel Gomes

Marta Moura disse...

Também sou touro!

Quotidianos de seda disse...

Pois eu já me tinha apercebido disso Isabel, ehehe :)

Mais uma pa colecção do pessoal pacifico, bom coração mas também persistente e às vezes teimoso, não é Marta ?

Obrigada meninas pela visita :)

Paula_2700 milhas disse...

Parabéns pela iniciativa, a sério, porque vale sempre a pena.

Quotidianos de seda disse...

Obrigada pela visita e comentário Paula :) Bem haja.

Arquivo do blog