segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Será verdade ?????????

Como já referi algures eu sou uma friorenta do pior (embora me dê super mal com o calor).
E como tenho má circulação tenho SEMPRE os pés frios. Até no Verão. É um mau-estar do caraças. Parece que isso faz com que todo o corpo se sinta frio e...sei lá...é uma sensação péssima. Só quem tem é que sabe. Nem dá para explicar bem.
Navegando neste vasto mar que é a net...encontrei isto:

 Será verdade ????

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Um pouco de cultura que tanta falta faz a este país

Na sequência de uma exposição que fiz a semana passada...ficam só uns tópicos para quem não conhece (urge conhecer):


Nasce a 28 de Novembro de 1881 em Viena.

Com origem na burguesia culta judaica ambiciona fazer vida no campo das letras (coisa que de resto se verificou, e de que maneira). Aos 16 anos começa a escrever poesia. As viagens são uma constante na sua vida (estamos no séc. XIX...recorde-se).
Vive em Salzburgo.

Com a ascenção de Hitler ao poder muda-se para Londres.

 Casa por 2 vezes (na 2ª com a sua secretária, curiosamente escolhida pela sua 1ª mulher). Esta é uma fase de vasta produção literária que o regime nazi proibe e queima publicamente.

Com o objectivo de reunir dados para a biografia de Fernão de Magalhães passa por Portugal, ficando hospedado no Monte do Estoril.

Num Congresso em Buenos Aires encanta-se pelo Brasil, país onde viverá os últimos anos da sua vida e sobre o qual escreve uma das suas mais famosas obras..."Brasil, país do futuro".

O imenso desgosto com o panorama social e político da época (contexto da Segunda Guerra Mundial) leva-o a um pacto de morte com Lotte (sua mulher), não sem antes escrever uma declaração de agradecimento ao país que o acolheu e que ele amou.

Falamos obviamente de Stefan Zweig, nome maior do panorama Literário.


_________________________________________________________________________________

Arquivo do blog